Carnaval Infantil 2016 – Tarde
10 de fevereiro de 2016
Colheita da Berinjela – Integral Fund. I
11 de fevereiro de 2016

Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016

A Comunidade Cristã, representada pelo CONIC (Comissão Nacional das Igrejas Cristãs) apresentou na dia 10 de fevereiro, quarta-feira de Cinzas, início da Quaresma (Tempo litúrgico da Igreja Católica) a Campanha da Fraternidade Ecumênica. Este ano a Campanha propõe a toda sociedade refletir sobre os cuidados com a nossa Casa Comum, o planeta Terra.

O objetivo geral da Campanha é assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, a luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa Casa Comum.

A partir do tema: “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e do lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca.” (Am 5, 24), somos chamados a agir em favor da justiça ambiental para que todos tenham acesso ao saneamento básico: água potável, rede de esgoto, limpeza urbana, moradia digna, promoção à saúde, erradicação da pobreza…

O termo Casa Comum, quer tirar o ser humano de seu individualismo e consumismo e fazê-lo perceber que todos habitam na mesma casa, que as conseqüências das ações de alguns recaem sobre todos, que vivemos numa rede de relações. Somos desafiados a viver nessa Casa Comum (oikoumene) de forma justa, sustentável e habitável para todos os seres vivos. Essa luta é profética, pois questiona as estruturas que causam e legitimam vários tipos de exclusão econômica, ambiental, social, racial e étnica. (Texto base, p. 5, CNBB).

O principal objetivo da campanha não é apenas reforçar o discurso de que é preciso cuidar dos recursos naturais ou jogar lixo no lixo. Por meio da Campanha que é ecumênica, quer se instaurar processos de diálogo que contribuam para a reflexão crítica dos modelos de desenvolvimento que tem orientado a política e a economia, a partir de um problema específico que afeta o meio ambiente e a vida de todos os seres vivos, que é a fragilidade e, em alguns lugares, a ausência dos serviços de saneamento básico em nosso país.

Só assim, viveremos de modo sustentável e alcançaremos a justiça social. Por um planeta mais limpo e justo para todos!

Para saber mais: Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016: Texto-base/CNBB
www.conic.org.br

1 Comentário

  1. heloiza klemp disse:

    Parabéns A Comunidade Cristã por esse trabalho motivador e esclarecedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *